Encerramento do lockdown e retomada gradual

O comunicado feito pelo Prefeito de Belém, Zenaldo Coutinho, nesta terça-feira, 19, informa que está sendo planejada a reabertura de alguns serviços. E é justamente sobre isso que quero refletir agora.

Completamos pouco mais de 60 dias da instalação da pandemia em Belém. Restrição de contatos, aglomerações, fechamento de serviços não essenciais, até o lockdown foi necessário.

No meio de tudo isso, mais de 13 mil vidas se perderam, mais de 1.500 só no Pará sendo pouco mais de 700 em Belém. Não são somente números e estatísticas, são vidas, sonhos, famílias que perderam entes queridos.

É justamente por isso, e por eles, que precisamos ter equilíbrio e serenidade para tomada de qualquer decisão.

Uma parcela da sociedade está em casa, confortável, com a geladeira abastecida, entretenimento e comodidade do lar.

Outra parcela, mais da metade da população da nossa Cidade (54,5%) vivem em favelas, aglomerados, subnormais (fonte: G1).

Esse “conflito de interesses” fica evidente sobretudo nas opiniões de abertura ou fechamento do comércio (serviços não essenciais).

É injusta a acusação sobre o empresário que quer abrir seu comércio para fazer a economia girar, assim como é injusto acusar de culpa o cidadão que precisa sair pela manhã para tentar trazer comida no almoço e assim por diante.

Vivemos o momento mais delicado da vida moderna, agravado pela instabilidade política causada por uma polarização insana, burra e irresponsável. O Brasil atinge a marca de 1mil mortos em 24h e, de um lado temos o Presidente que se utiliza até de medicamentos pra dividir o País entre direita e esquerda. Do outro, um ex-presidente que comemora a pandemia para “provar/afirmar” seus ideais.

Enquanto isso, Governadores e Prefeitos tentam enfrentar o vírus e salvar vidas como podem. Isso tudo dentro de um contexto injusto e desproporcional de repartição de receitas, um pacto federativo desequilibrado e defasado (mas isso é assunto para outra conversa).

Prudente pararmos, nesse momento, para pontuar e externar até minha posição. A vida está acima de tudo. A prioridade devem ser as medidas, por mais amargas que sejam, para salvar vidas. Ponto. Seguimos.

A questão econômica vem em seguida como o outro fator de aflição. Recebo e acompanho diariamente relatos desesperados de empresários, comerciantes, autônomos, trabalhadores, todos preocupados.

De igual forma, pelo fato de estar como Vereador, recebo ligações durante toda a madrugada, pedidos desesperados de socorro atrás de leitos e medicamentos.

Os relatos são assustadores!

Mas, contudo, é perceptível que aos poucos as ações do Poder Público surtem efeitos positivos que, jamais, devem ser interpretados pela população como motivo de relaxamento e voltar com a vida normal. Não!

Comemoro a decisão do Prefeito Zenaldo em reunir os segmentos empresariais dos mais diversos e, junto com a equipe de Saúde, com base em dados técnicos, avaliar a maneira de retomada gradual, proporcional e acima de tudo equilibrada.

Ao que tudo indica, teremos a partir de segunda,24, o encerramento do lockdown, em ação planejada de forma conjunta com diversos segmentos econômicos, buscando preservar e proteger o comércio local, mas acima de tudo, cuidar da nossa gente!

Meu desejo é que a decisão seja a mais técnica, prudente e acertada possível, para que possamos em breve viver dias melhores sabendo e reforçando sempre, que cada um é responsável pelo sucesso das medidas e deve fazer sua parte!


3 comentários sobre “Encerramento do lockdown e retomada gradual

  1. Também estou torcendo para que a reabertura seja de forma segura e as pessoas continuem fazendo seus procedimentos individuais para a proteção de si mesmo e das pessoas . Deus mostrará o caminho certo iluminando Médicos e os Gestores para tomada de decisão certa, justa e protetiva.

    Curtir

  2. Boa tarde vereador Wilson!
    São decisões difíceis de serem adotadas, uma a saúde da população e a outra à economia que também mata se deixarmos parar tudo ou ficar proibido de trabalhar para poder sobreviver, acho que as duas devem trabalhar paralelamente com seus devidos cuidados o que não pode acontecer também são informações mentirosas de algumas emissoras no intuito de apavorar a população.
    Muito boa sua colocação nesses assunto que é de interesse de todos nós.
    Abraços do professor Almir Filho

    Curtir

  3. Concordo com vc e com a atitude inteligente e prudente do Zenaldo no reinicio de funcionamento do comércio, continuo defendendo o isolamento vertical que foi eficaz em vários lugares do Brasil e do mundo, aproveito pra parabenizar as retomadas e conclusões de obras de grande importância pra Belém.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s